Bem vindo a Camda

Matriz - Adamantina/SP

Rua Chujiro Matsuda, nº 25 - Vila Endo

Telefone:

(18) 3502-3000

HOME
A EMPRESA
ESTRUTURA
LOJAS
POSTOS DE EMBALAGEM
MINERCAMDA
CATÁLOGO
PROJETOS
INFORMATIVO
RELATÓRIO ANUAL
NOTA FISCAL
CLASSIFICADOS
COTAÇÕES E MERCADO
DOWNLOADS
NOTÍCIAS
SEJA COOPERADO
ÁREA DO COOPERADO
TRABALHE CONOSCO
FALE CONOSCO
CONTATOS
Notícias


Atualizado em 10-02-2020

Sistema creep feeding com Minercamda

O significado do termo em inglês creep feeding provém de “rastejar” ou “engatinhar” da palavra creep, que representa a forma de como os bezerros têm acesso à área onde está o cocho, e “alimentar” ou “comer” de feeding. Neste sistema os bezerros entram em um local privado, pois as vacas não conseguem ter acesso devido a uma barreira a uma altura que impedem a sua entrada e permita a dos bezerros que tem acesso a um cocho e alimento exclusivo a eles. Entretanto como os bezerros não tem o hábito de consumir outro alimento além do leite é preciso estímulo para que cheguem ao cocho, por isso se deve colocar ao lado do cocho das vacas.

O sistema creep feeding tem determinadas vantagens em sua utilização. Uma delas é suprir algumas deficiências nutricionais que os bezerros possam ter com somente o consumo do leite e no momento da transição de leite para capim. O ganho de peso dos bezerros variam de acordo com a qualidade e quantidade de nutrientes do leite e que o pico de lactação de uma vaca ocorre normalmente aos 2 meses após o nascimento do bezerro e tende a cair depois disto, e que após 90 dias de lactação, somente o leite não é possível suprir as exigências de um bezerro para ganhos de peso vivo de 700 gramas/ dia.

Essa suplementação antes da desmama tem valor funcional, pois são nos primeiros meses após o nascimento do bezerro que ocorre desenvolvimento do rúmen. E o fato de incentivar outros tipos de alimentos ajuda a acelerar a capacidade de digestão ruminal dos bezerros.

As vacas também tem vantagens com o sistema, pois o seu bezerro terá outra fonte de alimento além do leite, exigindo menos de sua mãe, desmamando mais precocemente, ajudando a vaca a melhorar o escore corporal, facilitando para entrada no cio e obtenção de uma nova prenhez.

Os bezerros alimentados no sistema do creep feeding tem um maior ganho de peso diário e consequentemente um maior peso na desmama, além disto sofre menos com o estresse da desmama por dependerem menos do leite materno e já estarem adaptados com o manejo de trato nos cochos.

A Camda possui um produto específico para este tipo de manejo, o Minercamda Creep, que contém leite em pó como atrativo e farelo de soja, além de probióticos e uma equilibrada composição de macro e microminerais específicos para esta categoria. O consumo médio esperado fica entre 100 e 150 gramas/dia para cada 100 kg de peso vivo dos animais. No caso de um bezerro de 120 kg ele terá um consumo médio de 120 a 180 gramas/dia.

 

Seguem os níveis de garantia do produto Minercamda Creep:

 

 

  • NÍVEIS DE GARANTIA

    Proteína bruta (Mín.)

    230,0

    g/kg

    NDT Estimado

    540,0

    g/kg

    Lactose (Mín.)

    12,0

    g/kg

    Cálcio (Mín.)

    27,0

    g/kg

    Cálcio (Máx.)

    47,0

    g/kg

    Fósforo (Mín.)

    12,0

    g/kg

    Sódio (Mín.)

    29,0

    g/kg

    Magnésio (Mín.)

    5.000,0

    mg/kg

    Enxofre (Mín.)

    6.000,0

    mg/kg

    Cobalto (Mín.)

    60,0

    mg/kg

    Cobre (Mín.)

    450,0

    mg/kg

    Iodo (Mín.)

    61,0

    mg/kg

    Manganês (Mín.)

    520,0

    mg/kg

    Selênio (Mín.)

    9,0

    mg/kg

    Zinco (Mín.)

    2.000,0

    mg/kg

    Ferro (Mín.)

    900,0

    mg/kg

    Flúor (Máx.)

    120,0

    mg/kg

    Bacillus subtilis (Mín.)

    4,5x109

    ufc/kg

    Bifidobacterium bifidum (Mín.)

    1,5x109

    ufc/kg

    Enterococcus faecium (Mín.)

    1,5x109

    ufc/kg

    Lactobacillus acidophilus (Mín.)

    1,5x109

    ufc/kg

    Lactobacillus buchneri (Mín.)

    3,0x109

    ufc/kg

    Lactobacillus casei (Mín.)

    1,5x109

    ufc/kg

    Lactobacillus lactis (Mín.)

    1,5x109

    ufc/kg

    Saccharomyces cerevisiae (Mín.)

    1,0x109

    ufc/kg

  •  

     

    Qualquer dúvida, favor entrar em contato com a equipe técnica da Camda para melhores esclarecimentos.

     

    Vinicius Elias Saraceni

    Zootecnista – Camda

     
     

  • NÍVEIS DE GARANTIA

    Proteína bruta (Mín.)

    230,0

    g/kg

    NDT Estimado

    540,0

    g/kg

    Lactose (Mín.)

    12,0

    g/kg

    Cálcio (Mín.)

    27,0

    g/kg

    Cálcio (Máx.)

    47,0

    g/kg

    Fósforo (Mín.)

    12,0

    g/kg

    Sódio (Mín.)

    29,0

    g/kg

    Magnésio (Mín.)

    5.000,0

    mg/kg

    Enxofre (Mín.)

    6.000,0

    mg/kg

    Cobalto (Mín.)

    60,0

    mg/kg

    Cobre (Mín.)

    450,0

    mg/kg

    Iodo (Mín.)

    61,0

    mg/kg

    Manganês (Mín.)

    520,0

    mg/kg

    Selênio (Mín.)

    9,0

    mg/kg

    Zinco (Mín.)

    2.000,0

    mg/kg

    Ferro (Mín.)

    900,0

    mg/kg

    Flúor (Máx.)

    120,0

    mg/kg

    Bacillus subtilis (Mín.)

    4,5x109

    ufc/kg

    Bifidobacterium bifidum (Mín.)

    1,5x109

    ufc/kg

    Enterococcus faecium (Mín.)

    1,5x109

    ufc/kg

    Lactobacillus acidophilus (Mín.)

    1,5x109

    ufc/kg

    Lactobacillus buchneri (Mín.)

    3,0x109

    ufc/kg

    Lactobacillus casei (Mín.)

    1,5x109

    ufc/kg

    Lactobacillus lactis (Mín.)

    1,5x109

    ufc/kg

    Saccharomyces cerevisiae (Mín.)

    1,0x109

    ufc/kg

  •  

     

    Qualquer dúvida, favor entrar em contato com a equipe técnica da Camda para melhores esclarecimentos.

     

    Vinicius Elias Saraceni

    Zootecnista – Camda

     
     

  • NÍVEIS DE GARANTIA

    Proteína bruta (Mín.)

    230,0

    g/kg

    NDT Estimado

    540,0

    g/kg

    Lactose (Mín.)

    12,0

    g/kg

    Cálcio (Mín.)

    27,0

    g/kg

    Cálcio (Máx.)

    47,0

    g/kg

    Fósforo (Mín.)

    12,0

    g/kg

    Sódio (Mín.)

    29,0

    g/kg

    Magnésio (Mín.)

    5.000,0

    mg/kg

    Enxofre (Mín.)

    6.000,0

    mg/kg

    Cobalto (Mín.)

    60,0

    mg/kg

    Cobre (Mín.)

    450,0

    mg/kg

    Iodo (Mín.)

    61,0

    mg/kg

    Manganês (Mín.)

    520,0

    mg/kg

    Selênio (Mín.)

    9,0

    mg/kg

    Zinco (Mín.)

    2.000,0

    mg/kg

    Ferro (Mín.)

    900,0

    mg/kg

    Flúor (Máx.)

    120,0

    mg/kg

    Bacillus subtilis (Mín.)

    4,5x109

    ufc/kg

    Bifidobacterium bifidum (Mín.)

    1,5x109

    ufc/kg

    Enterococcus faecium (Mín.)

    1,5x109

    ufc/kg

    Lactobacillus acidophilus (Mín.)

    1,5x109

    ufc/kg

    Lactobacillus buchneri (Mín.)

    3,0x109

    ufc/kg

    Lactobacillus casei (Mín.)

    1,5x109

    ufc/kg

    Lactobacillus lactis (Mín.)

    1,5x109

    ufc/kg

    Saccharomyces cerevisiae (Mín.)

    1,0x109

    ufc/kg

  •  

     

    Qualquer dúvida, favor entrar em contato com a equipe técnica da Camda para melhores esclarecimentos.

     

    Vinicius Elias Saraceni

    Zootecnista – Camda

     
     


  • NÍVEIS DE GARANTIA

    Proteína bruta (Mín.)

    230,0

    g/kg

    NDT Estimado

    540,0

    g/kg

    Lactose (Mín.)



    Últimas notícias


  • HOME  |   A EMPRESA   |   LOJAS   |   POSTO DE EMBALAGEM   |   MINERCAMDA   |   CATÁLOGO   |   EVENTOS   |   PROJETOS   |   INFORMATIVO   |  RELATÓRIO ANUAL
    NOTA FISCAL   |   CLASSIFICADOS   |   COTAÇÕES E MERCADO   |   DOWNLOADS   |   NOTÍCIAS   |   SEJA COOPERADO   |   TRABALHE CONOSCO  |   FALE CONOSCO

    Copyright © 2012 Cooperativa Camda  |   Desenvolvido por Evolução Web