Bem vindo a Camda

Matriz - Adamantina/SP

Rua Chujiro Matsuda, nº 25 - Vila Endo

Telefone:

(18) 3502-3000

HOME
A EMPRESA
ESTRUTURA
LOJAS
POSTOS DE EMBALAGEM
MINERCAMDA
CATÁLOGO
PROJETOS
INFORMATIVO
RELATÓRIO ANUAL
NOTA FISCAL
CLASSIFICADOS
COTAÇÕES E MERCADO
DOWNLOADS
NOTÍCIAS
SEJA COOPERADO
ÁREA DO COOPERADO
TRABALHE CONOSCO
FALE CONOSCO
CONTATOS
Notícias


Atualizado em 20-11-2019

Confinamento e rastreabilidade

Os pecuaristas brasileiros estão procurando cada vez mais lucratividade na pecuária de corte, que a cada ano se torna mais exigente para abastecer o mercado interno e externo. Para isto, é necessário que os pecuaristas busquem tecnologias com maior eficiência produtiva e econômica, proporcionando quantidade com qualidade de carne.

Diante dessas condições, um sistema que vem tomando gosto pelos produtores de carne é o confinamento, que tem como suas principais vantagens a redução da idade de abate; melhor aproveitamento do animal produzido e do capital investido nas fases de cria e recria; oferta de gado para o abate o ano todo; liberação de áreas de pastagens para outras categorias, como por exemplo, agricultura; uso mais eficiente da mão de obra, maquinários e insumos; maior produção de carne com qualidade e uso de resíduos da agroindústria.

O confinamento de bovinos de corte é um sistema intensivo de criação, que quando desenvolvido de forma planejada, com planos nutricionais adequados, manejos feitos para padronização de lotes com uma boa execução, permitirá um aumento considerável na produtividade e lucratividade por unidade de área, visando produzir carne e respeitando as necessidades básicas dos animais, principalmente aspectos sanitários, nutricionais, comportamentais e também do meio ambiente.

Um fator que merece destaque, refere-se ao ambiente de criação. Este ambiente é caracterizado pela disponibilidade de espaço constituído por um meio físico e ao mesmo tempo, por um meio psicológico, preparado para o exercício das atividades normais do animal que nele vive. Sendo assim, o correto dimensionamento da estrutura do confinamento é um fator importantíssimo para o sucesso, pois pequenas falhas no projeto poderão causar grandes prejuízos técnicos e econômicos, da mesma forma que erros de metragens influenciarão negativamente na produtividade, tornando os processos operacionais mais demorados e menos eficientes.

 

Também é muito importante dizer que a produção de carne tem que estar em conformidade com os critérios que promovam o bem-estar animal e o respeito ao meio ambiente, pois tem sido uma constante pesquisa por parte dos consumidores, obrigando os produtores a cumprir estas exigências, podendo manter e ampliar a política de exportação para outros países, como por exemplo a União Europeia e a China.

 

Com todas estas exigências do mercado interno e principalmente externo, procuramos sempre sistemas que valorizam esta produção mais qualificada da carne. A rastreabilidade é a porta de entrada para os mercados mais exigentes. Ela é definida como a habilidade de descrever a história do animal, desde o seu nascimento até o seu abate, tendo um controle individual de toda sua trajetória, através de registros e identificação. Em outras palavras, rastrear é manter os registros necessários para identificar as informações dos dados relativos a origem e ao destino do animal. Esse processo tem como finalidade garantir a sanidade do produto que oferecemos, mostrando quando e onde foram produzidos e comercializados, permitindo que seja possível a busca desse mesmo em qualquer ponto de venda. Deste modo, podemos identificar todos os lotes produzidos em um determinado dia, conferindo segurança ao processo, sendo este um diferencial do produto rastreado, agregando assim valor a cadeia produtiva.

 

O Sistema Brasileiro de Identificação Individual de Bovinos e Bubalinos, mais conhecido como Sisbov, é o sistema oficial de identificação individual aprovado pelo Mapa, cuja a norma operacional é utilizada para embasar a certificação oficial brasileira para países que exijam a rastreabilidade individual de bovinos e bubalinos.

Há alguns anos os pecuaristas levavam a produção de carne como uma economia de subsistência, hoje é interessante buscarmos conhecimento e métodos adequados para cada propriedade, visando lucratividade e qualidade no produto final, atendendo todas as exigências de um mercado competitivo.

 

Évelin C. Gorélio

Líder Pecuária Camda



Últimas notícias


HOME  |   A EMPRESA   |   LOJAS   |   POSTO DE EMBALAGEM   |   MINERCAMDA   |   CATÁLOGO   |   EVENTOS   |   PROJETOS   |   INFORMATIVO   |  RELATÓRIO ANUAL
NOTA FISCAL   |   CLASSIFICADOS   |   COTAÇÕES E MERCADO   |   DOWNLOADS   |   NOTÍCIAS   |   SEJA COOPERADO   |   TRABALHE CONOSCO  |   FALE CONOSCO

Copyright © 2012 Cooperativa Camda  |   Desenvolvido por Evolução Web