Bem vindo a Camda

Matriz - Adamantina/SP

Rua Chujiro Matsuda, nº 25 - Vila Endo

Telefone:

(18) 3502-3000

HOME
A EMPRESA
ESTRUTURA
LOJAS
POSTOS DE EMBALAGEM
MINERCAMDA
CATÁLOGO
PROJETOS
INFORMATIVO
RELATÓRIO ANUAL
NOTA FISCAL
CLASSIFICADOS
COTAÇÕES E MERCADO
DOWNLOADS
NOTÍCIAS
SEJA COOPERADO
ÁREA DO COOPERADO
TRABALHE CONOSCO
FALE CONOSCO
CONTATOS
Notícias


Atualizado em 03-06-2019

Fábricas Minercamda e BPF (Boas Práticas de Fabricação)

As Boas Práticas de Fabricação (BPF) compõem um conjunto de procedimentos higiênicos, sanitários e operacionais que devem ser aplicados em todo o fluxo de produção, desde a obtenção das matérias-primas até a distribuição do produto final, com o objetivo de garantir a qualidade e segurança dos mesmos.
            Toda fábrica de suplemento mineral e/ou rações com registro no Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento (Mapa), são obrigadas a cumprir normas e procedimentos para atender a BPF. Uma vez que, periodicamente, fiscais do Mapa inspecionam de acordo com normativas específicas, sendo que, no final de cada fiscalização, há uma avaliação da unidade fabril que recebe uma pontuação e classificação, podendo ficar em 4 possíveis grupos, onde quem pontuou de 0 a 50 pontos fica no grupo 4, de 51 a 70 no grupo 3, de 71 a 90 no grupo 2 e de 91 a 100 no Grupo 1. Importante lembrar que atualmente as fábricas Minercamda estão avaliadas no Grupo 1, portanto com ótimas pontuações e avaliações perante o Mapa.
            Citaremos alguns pontos mais relevantes quando falamos em BPF em fábricas para nutrição animal:
- Matérias-primas e embalagens:
            Os fornecedores passam por uma avaliação e se bem pontuados, são aprovados e liberados a participarem de cotações. No recebimento há uma conferência de conformidades a ser cumprido, como níveis de garantia, aspecto visual, condições de transporte, análise química, informações nos rótulos e imprescindível que tenha registro no Mapa. Caso não esteja dentro dos padrões estabelecidos, as cargas são recusadas.
            É rastreada, possibilitando identificar no produto acabado qual foi o lote utilizado de cada matéria-prima ou embalagem.
            Possuem locais de armazenamento específicos evitando o que chamamos de “contaminação cruzada”, quando uma matéria-prima entra em contato com a outra sem a intenção prévia.
 
- Controle de pragas
            É exigido um plano de controle de pragas, pode ser feita por empresa terceirizada ou pelo próprio proprietário. A Camda contrata empresa terceirizada especializada no setor.
            Os produtos químicos e armadilhas devem ser aprovados por órgãos competentes para este fim. Importante lembrar que dentro da fábrica só podemos usar armadilhas, para que não haja contaminação de produtos químicos com as matérias-primas e/ou produto acabado.
            Planilhas de controle no aparecimento de foco de qualquer praga, identificação de consumo de iscas, visitas técnicas periódicas, entre outras ações são arquivadas e monitoradas.
            Portões e janelas devem ter telas e em alguns pontos fechamento automático para evitar que pragas como pássaros, moscas, entre outros não contaminem o local.
 
- Análise da água
            Periodicamente deve ser feito a higienização dos reservatórios de água como caixas d’água. Juntamente deve ocorrer análise química e biológica da água, seja de uso fabril, limpeza ou banho. Ambos devem ser apresentados com registros de execução do serviço e se conforme ou não. Caso não tenha dado conformidade, é elaborado um plano de ação para a identificação do problema e possíveis soluções.
 
- Manutenção de equipamentos
            Registrar quem realizou e a frequência de toda manutenção preventiva, reparos ou reformas. As balanças devem ter métodos e registros de conferência/aferição diariamente com pesos padrões; caso desregule deve ser retirada do processo e enviada para conserto.
            Periodicamente é preciso realizar e registrar a frequência de limpeza e higienização do maquinário e utensílios.
 
- Lixos e resíduos
            Identificar a forma de descarte de resíduos, material contaminado e embalagens após o uso.
            Informar a quantidade e o destino adequado a cada produto específico.
 
- Higiene e saúde do pessoal
            Orientar procedimentos e condutas de higiene pessoal, como lavagem das mãos, não cuspir, não espirrar, não mascar chiclete, recomendações e uso de EPI´s adequados para evitar que sujidades do ambiente façam mal a saúde do colaborador.
            Instruir a forma adequada de lavar os uniformes e conservação dos mesmos.
 
- Limpeza de áreas
            Ter uma programação de limpeza dos diversos ambientes e registro das frequências realizadas. Controle dos produtos e utensílios utilizados na limpeza.
 
- Prevenção por contaminação cruzada
            Verifica-se a forma correta de estocagem dos produtos, limpeza prévia dos maquinários e utensílios, manipulação de matérias-primas, formas de dosagem e possíveis desvios, tudo com o objetivo de evitar que haja contaminação não intencional de dois ou mais produtos.
            Um outro exemplo é a obrigatoriedade de termos dentro da área de produção, lâmpadas com proteção contra estilhaços, caso a lâmpada venha a quebrar ou estourar, não cair pedaços contaminando o local.
 
- Rastreabilidade e recolhimento de produtos – Recall
            Identificar problemas de produtos devolvidos, realizando análises químicas e bromatológicas; rastrear todo processo e orientar o destino a ser dado ao produto.
           
- Treinamentos
            Realizar e registrar treinamentos que abrangem orientações sobre diversos aspectos relacionados às Boas Práticas de Fabricação.
           
            Observar que todos os procedimentos de uma forma ou de outra devem ser registrados e monitorados para que haja sempre identificação de falhas, busca de medidas corretivas e frequente melhora do processo como um todo.           
            Portanto antes de comparar produtos concorrentes, verifique se contém o selo do SIF (Serviço de Inspeção Federal) com seu respectivo número de registro do estabelecimento fabril. Com isto, é garantido que há uma fiscalização pelo Mapa sobre as condições adequadas de fabricação, cujo objetivo é promover segurança e qualidade no produto acabado.
                       

 
Vinicius Saraceni
Zootecnista - Camda
 



Últimas notícias


HOME  |   A EMPRESA   |   LOJAS   |   POSTO DE EMBALAGEM   |   MINERCAMDA   |   CATÁLOGO   |   EVENTOS   |   PROJETOS   |   INFORMATIVO   |  RELATÓRIO ANUAL
NOTA FISCAL   |   CLASSIFICADOS   |   COTAÇÕES E MERCADO   |   DOWNLOADS   |   NOTÍCIAS   |   SEJA COOPERADO   |   TRABALHE CONOSCO  |   FALE CONOSCO

Copyright © 2012 Cooperativa Camda  |   Desenvolvido por Evolução Web