Bem vindo a Camda

Matriz - Adamantina/SP

Rua Chujiro Matsuda, nº 25 - Vila Endo

Telefone:

(18) 3502-3000

HOME
A EMPRESA
ESTRUTURA
LOJAS
POSTOS DE EMBALAGEM
MINERCAMDA
CATÁLOGO
PROJETOS
INFORMATIVO
RELATÓRIO ANUAL
NOTA FISCAL
CLASSIFICADOS
COTAÇÕES E MERCADO
DOWNLOADS
NOTÍCIAS
SEJA COOPERADO
TRABALHE CONOSCO
FALE CONOSCO
CONTATOS
Notícias


Atualizado em 10-05-2018

Raças: conheça o Nelore

Seguindo a série de matérias voltadas a diversidade de raças existentes no mundo, aCamda decidiu acompanhar este mercado e buscar disponibilizar aos cooperados algumas características dessas raças em ascensão. Para que possam conhecer mais sobre esta rica variação, nesta edição iremos abordar um pouco mais a respeito do Nelore.
 
História da raça
 
A trajetória que transformou o Ongole indiano em Nelore brasileiro começou na primeira metade do século XIX, quando se relatam os primeiros registros de desembarque no país de zebuínos originários da Índia. A história descreve que a primeira aparição do Nelore no país teria ocorrido em 1868 quando um navio, que se destinava à Inglaterra, ancorou em Salvador com um casal de animais da raça a bordo. Os animais teriam sido comercializados, permanecendo no país. Dez anos depois, em busca de animais exóticos para trazer ao Brasil, Manoel Ubelhart Lembgruber teve contato com a raça Ongole durante uma visita ao zoológico de Hamburgo, na Alemanha, e de lá promoveu a importação de um casal de animais da raça, em outubro de 1878. Posteriormente, outras partidas oriundas diretamente da Índia aportaram no Rio de Janeiro. A raça Nelore foi então se expandindo aos poucos, primeiro no Rio de Janeiro e, em seguida, São Paulo e Minas Gerais. Em 1938, com a criação do Registro Genealógico, começaram a ser definidas as características raciais. Registro este que vem aumentando sua identificação ano a ano, através do trabalho da Associação Brasileira dos Criadores de Zebu (ABCZ), entidade fundada em 1934 como Sociedade Rural do Triângulo Mineiro e tem sua sede em Uberaba, Minas Gerais. Atualmente, a atualização de ferramentas de seleção genética permitiu que o Brasil atingisse um rebanho com mais de 210 milhões de cabeças bovinas, dos quais 80% do gado de corte são Nelore ou anelorado. Mostrando o retrato de um trabalho que deu certo, a partir do desenvolvimento e ganhos progressivos de excelência em qualidade.
 
Características do Nelore
 
Entre as muitas características da raça, sua rusticidade, adaptabilidade e capacidade de responder rapidamente aos estímulos zootécnicos talvez sejam as mais importantes para que o Nelore lidere a produção de carne no país. Características que são associadas a excelente habilidade materna, oferecendo condições de desenvolvimento e proteção aos bezerros até o desmame, rusticidade e habilidade de grande adaptabilidade em ambientes e oferta de alimentação, além de apresentar baixo custo de manutenção e facilidade de manejo. 
 
Variabilidade da raça Nelore- Na literatura sobre o gado indiano, não são encontradas referências sobre raças ou variedades desprovidas de chifres. Não há qualquer raça geneticamente mocha; os livros não mencionam e os relatórios de zootecnistas não falam em Zebuínos naturalmente sem chifres, mas apenas em animais descornados artificialmente. Porém, devido ao acasalamento de indivíduos parentais e cruzamento entre raças, a raça pode ser dividida em animais que apresentam chifres e mochos. Os animais denominados como Nelore Padrão, são animais que sofreram maior pressão de seleção genética devido ao tempo de utilização da raça, e tem como características predominantes a cabeça em formato de ataúde e a presença de chifres. Já o Nelore Mocho ganhou destaque a partir da década de 1940, e a cada dia vem aumentando ainda mais sua fatia no mercado, ao mesmo tempo que vem introduzindo animais exponenciais nas provas zootécnicas, agregando eficiência e exibindo competência no comando da raça.
 
Segmentação da raça Nelore- Os registros genealógicos das raças zebuínas são efetuados na categoria de registro Puros de Origem (PO) e na categoria de registro Livro Aberto (LA). São registrados como LA animais não portadores de registro genealógico (RGN), que tenham caracterização racial definida pelo regulamento e os produtos de acasalamentos entre reprodutores da categoria PO com matrizes da categoria LA. Dentro da categoria PO, estão os animais que apresentam genealogia conhecida por, no mínimo, duas gerações, tanto do lado paterno quanto do lado materno, e padrões raciais exigidos pela Associação de Criadores (ABCZ). Sendo assim, são registrados como PO os produtos de acasalamentos entre animais da categoria PO e produtos importados como PO.
 
Evolução genética do Nelore
 
A pecuária apresenta histórico de grande desenvolvimento e aumento da produção, e para alcançar e aumentar este potencial foi necessário o investimento em genética, mantendo a preocupação com o melhoramento constante dos rebanhos. Os programas de melhoramento genético são uma ferramenta que auxilia os criadores a obter seu objetivo esperado, como o aumento da sua produtividade a partir da seleção de características de produção. O primeiro programa de melhoramento genético aprovado pelo Mapa foi o da CFM, em 1980. Em seguida, vieram outros programas de melhoramento genético, como o Programa de Melhoramento Genético da Raça Nelore (PMGRN) em abril de 1988, hoje conhecido como Programa Nelore Brasil. O Programa de Melhoramento Genético de Zebuínos (PMGZ) (1992), DELTA GEN (1993), Associação Nacional de Criadores e Pesquisadores (ANCP) (1996), entre outros. Estes programas trabalham com a seleção baseada em avaliação genética, independentemente da categoria do animal (PO – Puro de Origem, LA – Livro Aberto ou CL – Cara Limpa). O CEIP (Certificado Especial de Identificação e Produção) foi criado pelos programas de melhoramento genético e outorgado pelo Mapa. Este certificado foi oficialmente instituído em 1995, para animais geneticamente avaliados.
Este certificado é emitido apenas para aqueles animais que passaram por processo de seleção genética e que atendem às exigências mínimas de características. Após serem geradas as avaliações genéticas, os animais classificados entre os 20% melhores de cada safra, machos e fêmeas, são vistoriados para emissão do CEIP. Com o progresso genético dentro dos programas habilitados pelo Mapa, a porcentagem de animais “ceipados” pode chegar a 30%.
 
Destaques da raça Nelore
 
As diferentes características garantem variabilidade genética dentre as linhagens disponíveis, e o melhoramento genético é ponto chave nesta discussão. Qualidade esta que vem sendo provada cada dia mais em índices de eficiência produtiva e reprodutiva, desenvolvimento ponderal e características maternais. Aliados as inúmeras ferramentas de auxílio para atingir o objetivo do produtor e maximizar o progresso genético através da seleção de reprodutores melhoradores. De acordo com o Index 2017 da Associação Brasileira de Inseminação Artificial (Asbia), foram vendidas mais de 12 milhões de doses, entre vendas internas e a exportação e importação de sêmen das raças bovinas de corte e de leite. Sendo que 45% deste mercado é comercializada pela Alta Genetics, fazendo com que a mesma seja líder de mercado no segmento. E quando a segmentação é raça Nelore, os números não são diferentes. Atualmente a empresa apresenta 50% das vendas da raça, onde a cada duas doses de sêmen Nelore vendida no Brasil, uma é Alta Genetics. Prova disso são os destaques de touros consagrados da bateria e as novas contratações de touros jovens que prometem ser a geração destaque desta estação reprodutiva.
Ressaltando que a Camda possui o sêmen desses animais em destaque e diversos outros dessa raça para atender seu cooperado com ótimas condições comerciais.
Para mais informações, ligue (18) 99794.4250 falar com Simone ou procure a filial mais próxima de você.
 


Últimas notícias


HOME  |   A EMPRESA   |   LOJAS   |   POSTO DE EMBALAGEM   |   MINERCAMDA   |   CATÁLOGO   |   EVENTOS   |   PROJETOS   |   INFORMATIVO   |  RELATÓRIO ANUAL
NOTA FISCAL   |   CLASSIFICADOS   |   COTAÇÕES E MERCADO   |   DOWNLOADS   |   NOTÍCIAS   |   SEJA COOPERADO   |   TRABALHE CONOSCO  |   FALE CONOSCO

Copyright © 2012 Cooperativa Camda  |   Desenvolvido por Evolução Web