Bem vindo a Camda

Matriz - Adamantina/SP

Rua Chujiro Matsuda, nº 25 - Vila Endo

Telefone:

(18) 3502-3000

HOME
A EMPRESA
ESTRUTURA
LOJAS
POSTOS DE EMBALAGEM
MINERCAMDA
CATÁLOGO
PROJETOS
INFORMATIVO
RELATÓRIO ANUAL
NOTA FISCAL
CLASSIFICADOS
COTAÇÕES E MERCADO
DOWNLOADS
NOTÍCIAS
SEJA COOPERADO
TRABALHE CONOSCO
FALE CONOSCO
CONTATOS
Notícias


Atualizado em 26-03-2018

Consumo de suplementos pelos bovinos e os fatores que os influenciam

O consumo de alimentos a livre arbítrio para bovinos são práticas comuns em suplementos minerais, proteinados e proteinados energéticos. Entretanto são balanceados para a ingestão na quantidade recomendada para cada categoria e peso dos animais. O principal produto usado para ajuste de consumo é o sal branco (cloreto de sódio) que serve ao mesmo tempo como atrativo e inibidor. Por isso, os produtos de pronto uso não devem ser diluídos com outros ingredientes, para não desbalancear e correr o risco de ingerir nutrientes abaixo da exigência dos animais. Lembrando que, quanto maior a expectativa do desempenho dos animais, maior será sua necessidade de nutrientes e, portanto maior o consumo de alimento.
As expectativas de consumo são indicadas em relação ao peso vivo dos animais, seja em gramas por 100 kg de peso vivo do animal, conforme é a regra estipulada pelo Ministério da Agricultura (Mapa), ou em porcentagem do peso vivo, que é muito comum em produtos de alto consumo e habitual por alguns técnicos. Considerando um proteinado de consumo de 250 gramas para 100 kg de peso vivo, seria a mesma coisa que dizer 0,25% do peso vivo, isto é similar ao nosso Minercamda Turbo Energético.
Por mais que se busque ajustar os produtos para um consumo estipulado, alguns fatores acabam interferindo individualmente ou no rebanho como um todo. No caso da mudança de pasto, principalmente na época das chuvas, os animais tendem a consumir menos, pois buscam o broto verde no novo pasto, deixando o suplemento de lado. Produtos mais atrativos nesta época do ano ajudam a obtermos um consumo mais regular. O contrário ocorre quando o pasto está batido ou mais escasso, por serem menos atrativos, os animais tendem a buscar o cocho e consumir o proteinado um pouco acima do esperado e com uma frequência maior.
A chuva é outro fator que influencia o consumo, quando cai em suplementos minerais, os chamados “linha branca”, ela atrapalha o seu consumo, por empedrar e/ou dissolver o sal e tornando o suplemento menos atrativo. Já para os proteinados, onde o sal é usado como limitador, o fato da chuva lavar o sal do produto, o torna mais atrativo e portanto o consumo aumenta. Por isso sempre se recomenda cochos cobertos e tratos com frequência, se possível diários.
Supondo um animal com 400 kg e objetivo de ganho de peso vivo de 750 g/dia, em que sua exigência de fósforo é de 16,15 g/dia.
Considerando que a forragem tenha potencial e contenha em sua matéria seca 0,15% de fósforo e o animal consumindo 2% do seu peso vivo. A forragem fornecerá 12 g/dia de fósforo, para atingirmos a exigência de 16,15 g /dia, faltam ainda 4,15 g/dia.
Com o suplemento Minercamda 50F seriam necessários 83 g/dia, quantia dentro do esperado que é de 15 a 30 gramas para cada 100 kg de peso vivo.
Supondo que o consumo real do Minercamda 50 F fosse de apenas 50 g/cabeça/dia, o animal teria um aporte total de14,5 g de fósforo (12 g da forragem + 2,5 g do Minercamda 50F).
Esta quantia de fósforo permitiria o ganho em torno de 550 g/cab./dia, ou seja, 200 g/dia a menos em relação ao potencial da forragem.
Levando em conta que a arroba esteja em R$ 140,00/@, esses 200 g/dia a menos de ganho de peso (equivalentes a 106 g de carcaça, considerando um rendimento de carcaça de 53%) renderiam R$ 0,99/cab./dia a menos.
Se o preço do Minercamda 50F for de R$ 45,00/sc de 30 kg, os 33 g/cab./dia dariam uma “economia” de R$ 0,05/cab./dia.
O que seria uma economia, acaba sendo um prejuízo de R$ 0,94/cab./dia
Foi usado o fósforo como exemplo, mas no Brasil, além dele temos outros nutrientes como o Sódio (Na), Cobre (Cu), Zinco (Zn), Cobalto (Co), Iodo (I) e Selênio (Se) que normalmente são deficientes quando a única fonte de alimento é a pastagem.
Portanto acompanhar o consumo dos suplementos de alguma maneira, mesmo que seja com os estoques, é fundamental para obter todo aporte nutricional para o melhor desempenho dos animais. Considerando que temos variáveis que influenciam o consumo, devemos ficar atentos a elas e monitorar para que não encontremos subconsumo de suplementos, pois trazem mais prejuízos que os superconsumo.
 
 


Últimas notícias


HOME  |   A EMPRESA   |   LOJAS   |   POSTO DE EMBALAGEM   |   MINERCAMDA   |   CATÁLOGO   |   EVENTOS   |   PROJETOS   |   INFORMATIVO   |  RELATÓRIO ANUAL
NOTA FISCAL   |   CLASSIFICADOS   |   COTAÇÕES E MERCADO   |   DOWNLOADS   |   NOTÍCIAS   |   SEJA COOPERADO   |   TRABALHE CONOSCO  |   FALE CONOSCO

Copyright © 2012 Cooperativa Camda  |   Desenvolvido por Evolução Web